Conheça os 8 ambientes mais inspiradores da CASA COR!

17:32:00


Fizemos uma seleção dos espaços mais encantadores da mostra, que ficará exposta até o dia 10 de julho, em São Paulo!

Por Camila Boni

Em comemoração aos 30 anos da Casa Cor, conhecida como uma das melhores mostras de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas, o grupo Abril decidiu que este ano deveria ter um destaque maior para esta data comemorativa, e, por isso, escolheu fazer o evento no Ambulatório do Jockey Club, um exemplo do art déco paulistano dos anos 1940. A mostra expõe 70 ambientes e convida arquitetos, designers e paisagistas a pensarem a casa como espaço de celebração da vida.

Com forte influencia do estilo escandinavo, que cultiva a claridade natural e o traçado minimalista, além de cores suaves. O uso de dois tons chama a atenção: o rosa seco e o verde água, bastante utilizados no período modernista. Sustentabilidade é outro conceito importante, representado em projetos modulares ou que buscam reaproveitar materiais e dispor racionalmente de recursos naturais, além de conversar as belezas originais do período com o mínimo de intervenção e resíduos, como fez Osvaldo Tenório.

1) Tributo aos 30 de Roberto Migotto



Encantador. É assim que definimos o espaço assinado por Roberto Migotto, que celebra os 30 anos da mostra e seus 30 anos de carreira. A decoração remete aos anos de 1930, época do designer francês Jean-Michel Frank e do artista Salvador Dalí, autor da cadeira de canto dourada, presente no ambiente. Junto com seu sócio, Ricardo Minelli, Migotto trabalhou tons de nude, especialmente nas paredes revestidas de pergaminho. Os dois vasos desenhados e pintados à mão, em 1927, pelo designer Gio Ponti, fazem parte da coleção “Minhas Mulheres”, feita em série limitadíssima e importadas pela 6F Decorações.

2) Estúdio Jabuticaba de Nildo José




Um dos jovens talentos que participaram pela primeira vez da CASA COR SÃO PAULO. Com foco na jabuticabeira pendurada no teto do ambiente, Nildo optou por um banco de concreto que contorna o espaço e pode ser usado para chapelaria, aparador, prateleira, apoio de lenha da lareira e banco da mesa de jantar. Além disso, a madeira canadense no piso sem rodapés dá um ar de continuidade e amplitude para o loft de 43m2. Ele é com certeza uma das revelações da atual arquitetura brasileira.

3) Living e Jardim de Inverno de Dado Castello Branco



O living tem traços de uma biblioteca, com peças de grandes nomes como Oscar Niemeyer Claudia Moreira Salles, sobre o piso de madeira de demolição em formato de espinha de peixe. O ambiente traz leveza e conforto com a extensão natural do espaço, chamada de Jardim de Inverno, mas que de frio não tem nada. Os tons claros, misturados com o marrom da madeira e o verde das plantas remete a sensação de estar em uma casa quentinha e aconchegante.

4) Experiência Ornare de João Armentano



 As linhas retas do projeto significa que o ambiente de 200m2 é conceitual. O revestimento em tons acinzentados reforça a integração do espaço, que sugere ser um apartamento masculino. As paredes cobertas por painéis em madeira e móveis camuflados, como os armários da cozinha, as estantes da sala de jantar e a mesa do home office. O arquiteto apresenta a nova coleção Wide Line, lançamento da Ornare.

5) Living da Praia de David Bastos



A areia da praia embaixo do tapete de algodão já avisa que o living é um lugar sereno e calmo. A proximidade de elementos naturais na palha de dendê da cortina e nos sofás em linho são características dos projetos do arquiteto baiano. O branco predominante só deixa espaço para o rosa e o blue serenity. David apostou na mesa de aço escovado desenhada por ele mesmo para a Mekal, pois ela remete ao estilo industrial com cerâmicas de tons suaves do Studio Heloísa Galvão.

6) Loft no Campo de Paola Ribeiro



Com traços minimalistas e tons sobre tons, a arquiteta carioca Paola Ribeiro utilizou tijolinhos brancos para trazer charme e harmonia para o loft. O desejo era de integração total em um ambiente de clima serrano. A única divisória do espaço é um vidro espelhado que esconde o banheiro. A bancada em madeira com laca verde chama a atenção na cozinha, pois ela começa como apoio do cooktop, torna-se pia e alcança o home office. A luminária preta posicionada estrategicamente no estar é do designer Jader Almeida.

7) Unidade Shoji 04 da Yamagata Arquitetura



A tradicional arquitetura japonesa estava na mente de Paloma Yamagata, Aldi Flosi e Bruno Rangel. Um grande volume de madeira consome a cozinha, o banheiro e o quarto, deixando sempre a luz de fora entrar. Os painéis de shojis também são admirados de longe. O projeto faz alusão à otimização de espaço, sustentabilidade, ergonomia e poesia. A cor branca, presente no concreto e nas paredes traz conceitos como paz e calmaria neste ambiente urbano, atemporal e com 84 m2. O sofá é do Estúdio Nada Se Leva.

8) Espaço Deca por Marina Linhares



As referências, inspiradas na escola de design alemã Bauhaus, mostram que este projeto também reverencia o uso de aço, madeira e o vidro. Esse mix deixa a iluminação natural entrar facilmente para o interior. O mobiliário contemporâneo de Claudia Moreira Salles – que inclui a mesa de centro Deslize – encontra as peças modernistas de Flávio de Carvalho. As obras de arte são características essenciais do espaço, que é dividido em sete ambientes: suíte máster, banho, párea de exposição, living, sala de jantar, gourmet e deck. Um dos destaques é o lançamento do misturador assinado por Jader Almeida para Deca, além de outras peças do designer.

SERVIÇO CASA COR SÃO PAULO 2016

QUANDO?
17 de maio a 10 de julho de 2016.

Terça à quinta das 12h às 21h.

Sexta, sábado e feriados das 12h às 21h30.

Domingo das 12h às 20h.


ONDE?
Jockey Club de São Paulo -- Av. Lineu de Paula Machado, 775 -- Cidade Jardim.


QUANTO?
De terça a quinta-feira

Ingresso inteiro: R$ 52

Ingresso de estudante: R$ 26

Ingresso senior (para pessoas com 60 anos ou mais): R$ 26


Sexta, sábado, domingo e feriados

Ingresso inteiro: R$ 65

Ingresso de estudante: R$ 32

Ingresso sênior (para pessoas com 60 anos ou mais): R$ 32,50


Passaporte único: R$ 150



Valet: R$ 30

Imagens: casa abril/ mimostra/ casa e decor constance zahn

0 comentários